Ciência e Tecnologia

Brasileiros mostram na internet apoio à aprovação do casamento gay nos EUA

Usuários de redes sociais compartilharam mensagens positivas e colocaram nas fotos de perfil imagens que remetem à bandeira do movimento LGBT.



Reprodução/Facebook
Reprodução/Facebook
Fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, criou ferramenta que muda automaticamente foto do perfil de internautas

Após a decisão da Suprema Corte dos Estados Unidos, proferida nesta sexta-feira (26), que garantiu o direito do casamento gay no país, usuários brasileiros das redes sociais resolveram celebrar o fato compartilhando mensagens positivas sobre a notícia e trocando as fotos de perfil para imagens que remetem à bandeira do movimento LGBT.

No Facebook, o empresário americano e fundador do site Mark Zuckerberg criou uma ferramenta que muda automaticamente as cores da imagem de perfil e que pode ser usada por qualquer pessoa. Para colocar as faixas coloridas na foto, basta acessar esta página e clicar no botão ‘Use as Profile Picture’.

Antes de se pronunciar na Casa Branca, Barack Obama comentou a decisão em sua conta no Twitter e na própria rede de Zuckerberg. “Hoje damos um grande passo na busca da igualdade. Agora os casais do mesmo sexo podem se casar”. Ele usou a hashtag #lovewon (o amor ganhou) no Twitter e postou uma foto em seu perfil no Facebook. Até as 19h30 de hoje, mais de 950 mil pessoas tinham curtido a imagem e mais de 300 mil a haviam compartilhado.

Além dos usuários, inúmeros órgãos públicos e empresas manifestaram apoio à conquista e fizeram questão de colorir seus logotipos. O Youtube, por exemplo, montou um vídeo que mostra anônimos e personalidades assumindo a orientação sexual; já o Spotfy, serviço de música comercial em streaming, preparou uma lista de canções para comemorar a decisão da Suprema Corte americana.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.