Cidades

Transposição do Rio São Francisco sai ainda este ano, diz ministério

Afirmação é do secretário-executivo do Ministério da Integração, Carlos Vieira, durante passagem pela cidade de Campina Grande .

A crise econômica e as investigações da Operação Vidas Secas não atrasaram as obras da transposição do Rio do São Francisco e a meta é que as águas cheguem ao Estado da Paraíba em dezembro deste ano. A garantia foi dada pelo secretário-executivo do Ministério da Integração, Carlos Vieira, em Campina Grande, no último final de semana.

“No momento, o Ministério da Integração não tem obras atingidas em qualquer operação. As obras estão avançadas e 82% foram executadas. A meta é que elas cheguem ao Estado da Paraíba em dezembro. Esse é o nosso compromisso. É uma obra de extensão imensa, única no mundo e vai dar essa tranquilidade e segurança hídrica para a Paraíba e demais estados do Nordeste”, afirmou Vieira.

Em dezembro de 2015, a Operação Vidas Secas, deflagrada pela Polícia Federal, prendeu empreiteiro e executivos acusados de utilizarem empresas de fachada para desviar pelo menos R$ 200 milhões em contratos de obras do trecho Leste.

As obras do eixo Leste vão de Floresta (PE) até Monteiro (PB) e foram iniciadas  em 2007. O ex-presidente Lula Inácio Lula da Silva chegou a anunciar no seu governo a inauguração da obra para 2010. Depois, foi adiada para 2012, 2014 e agora final de 2016 pelo governo de Dilma Rousseff.

A transposição é a única esperança para evitar um colapso de água em Campina Grande e mais 18 cidades abastecidas pelo Açude Epitácio, em Boqueirão.

Pelo projeto, as águas do Velho Chico deverão seguir do reservatório Barro Branco, na altura de Sertânia, em Pernambuco, por galerias subterrâneas ladeando a cidade de Monteiro (PB) até a calha do rio Paraíba. Dali, cruzará com a BR 110 na entrada do município de Monteiro, de onde continuará até o reservatório Poções, distante cerca de 15 quilômetros.

As obras do Eixo Leste se encerram com a chegada das águas no açude Poções, já no Estado da Paraíba. A partir do Poções, as águas deverão seguir o leito do rio Paraíba, chegando até ao açude Epitácio Pessoa, em Boqueirão.